home / regiões

conheça
nossas regiões

Conheça abaixo as cidades que fazem parte da região dos Cânions do São Francisco e que temos representantes no Trade

Olho D’Água do Casado é uma cidade que guarda marcas de um passado com mais de 150 milhões de anos, representado por icnofósseis encontrados na formação rochosa arenítica, fósseis de animais da megafauna, pinturas e gravuras rupestres que representam contextos geológicos, paleontológicos e arqueológicos, valorizando o patrimônio cultural. Trilhas ecológicas, passeios de barco e turismo de aventura no sertão semi-árido são mais alguns de seus atrativos turísticos. A cidade de Olho d’Agua do Casado é uma das cidades importantes para o desenvolvimento do turismo na região conhecida como Caminhos do São Francisco.

Entre as festividades, destacam-se a festa do padroeiro, as festas juninas, a da emancipação (21 de setembro) e a do Caju (novembro), todas sempre animadas.

Com a Construção da Usina Hidrelétrica de Xingó, o município ganhou grandes atrativos turísticos: o belo riacho do talhado (recanto do Rio São Francisco, próprio para um banho a quase 80 m de profundidade) e alguns sítios arqueológicos.

A origem da cidade deu-se com a descoberta de uma nascente onde brotava quantidade significativa de água. A fonte foi descoberta pelo fazendeiro José de Melo Casado, o qual buscava um meio de saciar a sede do seu gado. Uma estação da linha férrea Paulo Afonso trouxe O nome “OlhosD’Água”, teve por referência a quantidade significativa de fontes existentes na localidade, e o nome Casado, em homenagem ao fazendeiro que descobriu a principal fonte de água do vilarejo: a fonte da matinhar.

Em 1877, a construção da rede ferroviária levou para lá o acampamento dos operários. Depois que as obras da linha férrea e da estação terminaram, o acampamento foi transferido. Nessa época já existiam algumas casas e, para garantir o povoado, foi construída uma capela em homenagem a São José, padroeiro do lugar. Em 1962, Olho D’água do Casado tornou-se município. Em 1965, o presidente Castelo Branco suspendeu o tráfego dos trens da rede ferroviária, causando um impacto muito grande a região. Nessa época, começou a ser construída a AL 225, concluída em 1974. Alguns anos depois a rodovia AL – 220, que passou por Olho d’Água do Casado, mudou a rotina do povoado. O desenvolvimento já era grande porque havia comunicação entre as regiões.

Visita obrigatória para que vai a Olho D’Água do Casado é fazer a trilha pela caatinga até osCânions Dourados, assistindo o espetáculo do pôr do sol no belo Rio São Francisco.

como chegar

Sobre a região

Lâmina extraída do material “Experimente o Velho Chico”, criado Pelo projeto Caminhos do São Francisco, uma iniciativa SEBRAE-AL.

baixar material

sobre o material

"Experimente o Velho Chico" é um projeto realizado pelo SEBRAE-AL, por meio das Agências de Atendimento Integradas em Penedo e em Delmiro Gouveia, que tem como finalidade integrar empresas do segmento e, consequentemente, desenvolver a cadeia turística da região.

participantes do trade
localizados na região

a região
vivida por eles

Algumas experiências para você viver momentos inesquecíveis e aproveitar as belezas naturais da região